terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Adobe: cada vez mais impopular no mundo linux

Adobe Flash Player
flash hoje em dia é importante para qualquer browser.e é claro necessita que funcione corretamente (pelomenos é o que se espera). mas para quem usa o flash no linux sabe que ele esta longe de funcionar corretamente.

quanto a versão para windows estava na versão 8, a adobe só tinha lançado a versão 7 para linux que era problemática.

o lançamento da versão 9 trouxe surpresas,também suportaria linux.o produto foi bem aguardado pela comunidade linux. como forma de trazer inovações e corrigir os bugs das versões anteriores, o que não se esperava é que essa versão viessem tão cheia de bug quanto a versão anterior e que cada update do flash demorasse tanto tempo

entre eles o bug mais xarope a transparência e dos flash sobrepor as coisas. a cada versão todos ficamos na expectativa. "será que dessa vez melhora?",mas com uma empresa dessas que esta cada vez menos se importando com linux fica complicado esperarmos coisas boas.

essa impopularidade com o flash esta crescendo e se ocorrer de outra empresa criar um produto concorrente que funcione melhor que o da adobe com toda certeza ela vai perder seu posto pelomenos na plataforma linux em que o pessoal já esta cheio da adobe!

e o pior de tudo é que eles sabem muito bem dos bugs (já foram reportados muitas vezes).mas eles preferem não "perder tempo" criando aplicativo para linux.

terça-feira, 13 de novembro de 2007

[Blizzard] Starcraft II para linux

Blizzard uma empresa que produz muitos jogos de sucesso. como starcraft, warcraft, diablo, etc.

um dos jogos mais cobiçados ultimamente o "starcraft 2" que vai ser lançado em breve, já foi anunciado para Windows (XP e Vista) e para Mac OS X. nada de versão para linux.

muitos falavam que era um impecilio muito grande pois afinal eles teriam que recriar o jogo sob OpenGL que o jogo é criado para DirectX mas ai que se enganam. a versão para windows realmente é em DirectX mas a versão para Mac é OpenGL.

apesar de Mac OS X ser um sistema diferente do linux,mas é sem sombra de duvidas muito mais próximo do que o windows. o Mac OS X é um Sistema Unix-Like. usa a mesma API 3D que o linux (OpenGL) entre milhares de outras coisas.

mas o grande problema é que a Blizzard não vê o linux como publico que vale apena investir. pode ser por quem sabe eles apostem que os usuários de linux utilizem o windows para jogar ou até mesmo o wine no linux.

foi criado um site para fazer uma "pedição" dos jogos também para Linux:
http://www.petitiononline.com/ibpfl/petition.html

o importante é você colocar nos comentários que só ira jogar caso tenha versão nativa para linux. para eles verem que estão perdendo espaço e ai sim quem sabe eles pensem em criar uma versão para linux,mas não esquece de pedir para seus amigos também entrar no site e fazer o pedido também

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Nero Linux 3

Nero o programa para gravar cd/dvd e imagens (.iso .nrg etc) mais utilizado na plataforma windows chegou com forças para plataforma linux.

há algum tempo o nero havia criado versão do nero para linux,só que com pouquíssimos recursos, muito feio e lerdo. sendo que o pessoal nem cogitava em utilizar,sempre optando por k3b ou algum outro.

pois bem a nero viu que não estava agradando e agora uma versão decente de seu software para linux!!


aparência muito agradável,utiliza a biblioteca GTK+ (utilizada pelo gnome).intuitivo e rápido.
e o programa está bem completo. no site fala que ele tem todas as funcionalidades do Nero Burning ROM.

suporta:

  • Red Hat Enterprise Linux 4
  • SuSE Linux 10.0
  • Fedora 4
  • Debian GNU/Linux 3.1
  • Ubuntu 5.10
e as versões mais novas das distribuições a cima.

Site oficial: http://www.nero.com/ptb/linux3.html
lembrando: nero linux 3 é um programa pago,mas tem a opção trial,que você pode abaixar e testar gratuitamente por alguns meses.

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Não confunda defensor Linux com defensor de software livre!!

o que há muito hoje em dia é o crescimento massivo do linux e junto o crescimento do movimento do software livre.

Gnu/Linux um dos maiores triunfos dos defensores de software livre,um sistema poderoso que esta crescendo bastante nos desktops ultimamente. só que uma coisa que já é rotina é confundir defensor linux com defensor opensouce.

a analize...
Defensor do Linux


que todo o defensor de linux sabe que um dos triunfos de seu crescimento foi o software livre,isso todos sabem.mas a questão é que os defensores linux (que não são defensores opensouce) querem o crescimento do linux,não se importando se o produto é 100% opensource,como por exemplo usar um driver de vídeo proprietário ou até mesmo um jogo ou até quem sabe um office de código fechado.

visando normalmente as funcionalidades,rapidez,etc. não se preocupando em si se for proprietário ou opensouce,desde que o produto seja de qualidade e é claro tenha versão para linux

pois se todo o usuario linux fosse só usuário opensouce.não existiria drivers de vídeo proprietário como da nvidia e ati.

ou até jogos que foram criados para linux como Unreal Tournament 2004,Doom3 Quake4,American Army,etc.

Defensor do Software Livre
movimento em que tem o objetivo de sempre utilizar só aplicativos opensource, promover e ajudar no desenvolvimento. e de nunca utilizar aplicativos proprietários mesmo em que em alguma coisa aquele aplicativo seja superior (velocidade,funções,etc.). normalmente fazer campanha contra empresas que não aderem ao movimento ou que de algum maneira prejudicam o movimento.

o que sempre se acha é que todo o defensor software livre é um defensor de linux que também não é verdade. um exemplo é a comunidade do sistema operacional: ReactOS. que é um sistema operacional sob GPL,que procura criar um sistema totalmente compatível com windows®.e que se encontra muitos defensores do software livre que simplesmente não gostam de linux


Conclusão
defensor de linux e defensor de software livre na sua grande maioria estão unidos pela mesma causa.lutando junto mas veja que apesar de que você pode ser o defensor dos 2,são coisas diferentes que deve ser levado em conta.

uma das causas que criei este tópico é que tenho muitos conhecidos que são só defensores linux (não são defensores opensource) e o pessoal teimam em reclamar ou até mesmo querer exigir que eles só utilizem programas opensouce no linux por confundir defensor linux com opensource

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

IBM Symphony

muita gente instalou esta suite office,em seus sistemas linux.(mesmo sabendo que é beta)

mas gerava alguns problemas e depois da instalação não funcionava mais. bem isso é um pequeno bug,de solução fácil. o que ocorre é que o symphony cria uma pasta na sua pasta home,só que o instalador deixa o dono da pasta como root,dai o programa não pode acessar.
a solução:
cd ~/
sudo chown -R %yourusername%:%yourusername% lotus/

bem este suite é beta,lembre-se é muito comum você encontrar bug,caso não queira isso espere quando for lançada a versão final!

aqui um tutorial do IBM Symphony no ubuntu feisty:
http://www.howtoforge.com/ibm_lotus_symphony_ubuntu_7.04



ele também é demorado como o openoffice,mas tem como acelerar este processo,o que ocorre é que tanto o symphony quanto o openoffice tem um numero fixo do máximo que eles podem usar de memória ram.só que é um valor muito pequeno (19mb).que se pode mudar facilmente
abra o symphony:
File > Preferences > productive tools > memory

em graphical cache:
Total Cache Size - que esta em 19 mude para um numero que você considera bom,dependendo quanto você tem de ram,no meu caso eu tenho 1GB de ram,disponibilizei 256mb que acho mais que necessário

Maximum memory per object - coloque dependendo da sua memória ram,no meu caso que deixei 256 para o total,aqui deixei 25mb

interessante é que eles não pensaram em deixar um numero maior.ou verificar quanto a pessoa tem memória e mudar esses valores conforme a quantidade de memória ram.

outro bug que pude notar é nos botões da barra (file, view,window,etc) que caso você abra um e tente passar para o do lado (sem fechar), ele da um bug,e meio que tranca o symphony,dai você tem que fechar o botão que você abriu para abrir o outro

sendo que é um beta1,gostei da qualidade,porem não pude testar muito ainda. achei bem intuitivo os gráficos deles,para quem esta insatisfeito com o openoffice vale a pena testar


mas a IBM que se cuide,pois se ela começar a dar prioridade ao symphony do windows e deixar a versão para linux pra trás.certamente eles irão perder muitos usuários de nosso sistema. (inclusive eu)

domingo, 23 de setembro de 2007

lista de compatibilidade de equipamentos no linux

acho uma coisa importante é sempre sabermos o que podemos comprar e ter certeza que irá funcionar no nosso sistema. existe muitas empresas que criam produtos e que não dão importância ao sistema operacional linux. como no caso de que um usuário windows que não comprariam um produto que só funcionasse no linux aqui fazemos o mesmo.

essa lista é muito importante também para mostrarmos a importância do nosso sistema,caso eles não criem produtos compatíveis. esses produtos terão um índice de rejeição. que forçarão a deixar seus produtos compatíveis com linux

Ajude a divulgar a lista brasileira de equipamentos e serviços compatíveis com Linux

...e concorra a MP4 e MP3 players, mochilas Targus, períodos de VoIP grátis e até a ventiladores USB - além de contribuir automaticamente para doações para a Wikipedia e o Wordpress! O BR-Linux coletou mais de 12.000 registros de compatibilidade de equipamentos e serviços (webcams, scanners, notebooks, ...) na sua Pesquisa Nacional de Compatibilidade 2007, e agora convida a comunidade a ajudar a divulgar o resultado. Veja as regras da promoção no BR-Linux e ajude a divulgar - quanto mais divulgação, maior será a doação do BR-Linux à Wikipedia e ao Wordpress.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

softwares de código fechado,irão algum dia ter lugar no linux?

aplicativos,um fato em que deixou o linux sem utilizadores por um bom tempo,pois quase não havia programas que fizesse as operações que as pessoas queriam desde acesso a internet a gravar um cd,ou quem sabe até aquele joguinho.

com o passar do tempo teve o crescimento de pessoal para linux (em desktop) mas as empresas que criavam softwares não criavam aplicativos pois a porcentagem no linux era muito pequena. com a falta de aplicativos foram criados programas open source desenvolvidos por empresas como free software foundation. e também com a ajuda da comunidade,e ai começou a crescer o linux. porem nem todos os softwares opensource para linux estão competitivos com os softwares proprietários para windows.

agora que o linux esta começando a crescer consideravelmente,muitas empresas grandes começam a sentir pressão e lançar aplicativos para linux,mas isso é algo que esta chegando de forma extremamente lerda e são pouquíssimas empresas.

há um certo medo das empresas lançarem para linux,pois existe hoje no linux muitos extremistas que não usam e nunca irão usar qualquer tipo de software código fechado em suas maquinas e certamente farão campanha contra

outro fato é que existe centenas de distribuições linux e não existe nem um padrão de pacote,para cada distribuição é necessário compilar novamente o programa,e mesmo que seja da mesma distribuição se for de versão diferente precisa compilar para aquela versão especifica

para você criar um pacote,você compila para ubuntu,debian,gentoo,slack,mandriva,suse,fedora,etc.
e para cada distribuição destas você precisa compilar para as versões disponíveis,por exemplo no ubuntu: 6.06 ubuntu dapper,6.10 ubuntu edgy,7.04 ubuntu feisty,7.10 ubuntu gusty,e assim por diantes,pois você não pode exigir que todos utilizem sempre a ultima versão da distribuição,pois algumas distribuições são atualizadas muito rápido como o ubuntu que é de 6 em 6 meses

outro fator é que não tem um instalador que funcione em todas as distribuições. o que mais se usa ultimamente é o (.run) e (.bin),que não abre nem uma interface gráfica,tendo que recorrer ao modo texto.algumas alternativas que foram lançadas para tentar um padrão (veja bem! esse padrão não tiraria a liberdade de ninguém,pois os pacotes originais continuariam em funcionamento!!) mas nunca tem um acordo entre as distribuições.

em software opensource,o código é disponibilizado e as distribuições se encarregam dar um jeito de compilar os softwares.mas no caso do código fechado eles não irão disponibilizar as sources e como não tem ajuda,terão que eles mesmo compilar para cada distribuição (e arrumar os erros que irão surgir naquela distribuição especifica).

como por exemplo de jogos,as empresas tem 99,99% de chance de nunca lançar seus produtos opensource,e com isso é um problema e dos grandes,principalmente pois os jogos eles tem que correr atrás de funcionar em quase todas as distro,com isso hoje em dia tem que correr ao modo texto que faz um usuário novato preferir o uso o wine do que o jogo nativo

gera muitas criticas e tem um possibilidade grande de nunca ter um formato padrão,pois mesmo que o sistema seja o mesmo (GNU/Linux) as distribuições variam em muitos aspectos e não é tarefa simples.mas a tarefa mais problemática neste caso é que parece que os grandes comandantes das distribuições estão pouco ligando com isso e não querem um padrão nem agora nem nunca

- mas esse padrão não pode gerar grandes problemas a liberdade?
não,o padrão teria que ser totalmente aberto,que pudesse ser instalado em uma interface gráfica,e teria que instalar em qualquer distribuição que seguisse este padrão. o padrão ele não impede ninguém de usar os outros pacotes,mas sim auxilia,como por exemplo no caso de uma distribuição que usa (.deb) ele continuaria com seu sistema todo em (.deb),os updates,etc. o que isso ajudaria é para quem quer desenvolver softwares para todas as distribuições

- é possível de se fazer?
sem sombra de duvidas, o grande problema é que as distribuições não querem um padrão e não aceitam.pois se trabalhassem junto teríamos um padrão de ótima qualidade que funcionaria em todas as distros e seria totalmente livre

- você acha então que o padrão de pacote,nunca irá acontecer?
depende das pessoas,se você concorda comigo,tem que levar essa idéia a diante,pois alias o linux não é formado pela comunidade? o que o publico quer ele vai conseguir. espalhe a idéia entre seus amigos,em fóruns relate este pensamento,coloque em sua assinatura,faça acontecer,não pense que você é um zé ninguém. isso depende de você,caso você queira esse padrão aberto você pode conseguir. basta ter força de vontade e lutar por isso,lembrando sempre manter o respeito mesmo por quem tem opinião contraria


certamente serei criticado por muita gente,peço desculpas se alguém não concorda,minha idéia é uma integração melhor entre as distribuições.nunca tive a intenção de gerar conflitos entre a comunidade. muito obrigado por sua leitura

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Valve procura Programador que possa portas jogos de windows para linux!

a valve quer portar seus jogos para linux,isso é uma excelente noticia mas tem um porem. pois não está claro é se vai ser portado só os servidores,ou clientes também (tomara que não seja só servidores)
estão a procura de funcionários capazes de fazer isso

quer saber mais?
no próprio site da valve tem a oferta de emprego:
http://www.valvesoftware.com/job-SenSoftEngineer.html